Sistemas Estruturais: Elementos Estruturais do Concreto Armado #01


Olá Arquitetos e Arquitetas!
Tudo bem com vocês!

Como vocês sabem (ou se não souberem, vão aprender agora) as estruturas são caracterizadas por serem os elementos mais resistentes de uma construção. Ela tem como finalidade receber e transmitir os efeitos das ações sofridas para o solo, sendo assim, as estruturas são essenciais para a manutenção da segurança e da solidez em uma edificação. Para que fique bem claro, os principais requisitos da estrutura são: a segurança, durabilidade, economia e funcionalidade estética. Além disso, ela também deve resistir às ações do vento, descargas atmosféricas, terremotos, incêndios e outros.

Esquema retirado do site: www.ctec.ufal.br/

Uma estrutura é formada por diversos elementos estruturais que combinados dão origem aos sistemas estruturais e estas devem ser construídas com materiais específicos que são chamados de materiais estruturais. Os elementos estruturais podem ser classificados de acordo com à sua geometria e quanto aos esforços internos a que são submetidos. Eles podem ser:

a) Barras: Possuem duas dimensões similares e uma bem maior que as outras como as vigas, pilares e tirantes.

b) Blocos: Possuem três dimensões similares e costumam ser encontrados nas fundações de edifícios.

c) Placas (Folhas ou lâminas): Possuem uma dimensão muito inferior aos outros dois lados como por exemplo as Lajes.

Nas próximas aulas abordaremos melhor sobre os tipos de sistemas estruturais e as ações que as estruturas sofrem, mas neste falaremos especificamente sobre os elementos que compõem os sistemas estruturais! 

Vamos lá!

São diversas as opções de sistemas estruturais para edifícios. Entretanto, a que vamos abordar hoje é uma das mais utilizadas no Brasil: O Concreto Armado. Os sistemas estruturais em concreto armado geralmente é composto por: lajes, vigas, pilares, paredes estruturais e fundações. Esses sistemas possuem variações, conforme se aumenta a altura dos edifícios e as escolhas feitas no projeto estrutural.

1. Estruturas Lineares: São estruturas que possuem duas dimensões de tamanhos similares e bem menores que a terceira dimensão (Barras).

1.1. Vigas
Ela tem como função básica vencer vãos e transmitir as cargas para os apoios, que geralmente são os pilares. As vigas são elementos lineares onde a flexão é preponderante e podem ser dispostas horizontalmente ou inclinadas, com um ou mais apoios, de forma a garantir que elas sejam no mínimo isostáticas.

1.2. Pilares
São barras lineares, dispostas na vertical e tem como preponderante as forças normais de compressão. Elas são elementos de grande importância na edificação devido a sua utilização em muitas construções e responsável pela estabilidade global do edifício.
Quando possuem uma seção circular, os pilares também são chamados de colunas.



2. Estruturas de Superfície: São aquelas com uma dimensão bem menor que os outros dois lados. Elas podem ser dos tipos chapas, placas ou viga-parede.

2.1. Lajes
São placas de concreto armado, horizontais, bidimensionais, cuja função é servir de piso ou cobertura nas edificações. Elas são responsáveis por receber ações verticais (sendo elas permanentes ou acidentais) que atuam nas estruturas dos pavimentos e da cobertura. As lajes estão, na maioria das vezes, apoiadas em vigas.

Um dos tipos mais utilizados de Lajes


3. Estruturas de Bloco: São comumente empregados em fundações nas construções e em grandes obras como barragens.

3.1. Fundações: 
As fundações são os elementos estruturais que ficam abaixo do solo. Elas podem ser superficiais (isoladas, corridas, alvenaria de tijolos, alvenaria de pedras, concreto e radiers) ou profundas (estacas e estacas para cravação).

Alguns exemplos de Fundações

Muito bem gente! Essa foi a parte 01 de uma série de posts que falaremos sobre os sistemas estruturais e elementos estruturais do concreto armado! Neste apenas abordamos os elementos básicos, sem nos aprofundar muito nos detalhes de cada um (se não o post ficaria muito longo e cansativo). Nos próximos posts falaremos sobre cascas, tirantes, grelhas e tantos outros elementos que ainda não falamos, além das funções e especificações de cada um desses elementos!

Fiquem de olho nas próximas postagens e não deixe de compartilhar e comentar!


Fontes:
Concreto Armado Eu te Amo - Manoel Botelho
Sistemas estruturais de edificações e exemplos - UNICAMP
CTEC - UFAL





Manual do Arquiteto

2 comentários:

  1. Muito boa a postagem! Me ajudou muito! Parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
  2. quais livros vocês indicam pra estudar estruturas de concreto armado?

    ResponderExcluir

Instagram